Repositório Institucional

A cardiotoxicidade associado a radioterapia

Linha de pesquisa: Toxicidade

TCC

2021

Graduação

Tecnologia em Radiologia

Câncer de Mama, radioterapia

Resumo

Este trabalho tem como fundamento demostrar que a cardiotoxicidade, é um dos efeitos adversos mais significativos resultante do tratamento radioterápico em pacientes oncológicos e responsável por uma considerável taxa de mortalidade. O dano celular, reversível ou não, que conduz à insuficiência cardíaca é uma característica da cardiotoxicidade produzida especialmente ao tratar câncer de mama e em especial a mama esquerda. Doenças pericárdicas, arritmias e isquemia miocárdica destacam-se, pela sua maior frequência e gravidade, a ocorrência de insuficiência cardíaca com disfunção sistema cardiovascular são igualmente nocivas. É indispensável para os enfermos, a identificação precoce da lesão cardiovascular, pois a precisão e a rapidez de um diagnóstico desfavorável ao paciente lhe permitirá um tratamento adequado juntamente com um plano de monitorização realista a sua situação. A estreita cooperação de médicos oncologistas e cardiologistas se faz necessária para o sucesso e equilíbrio do tratamento. Análise de resultados, recomendações para acompanhamento após Radioterapia, e a metodologia para a realização deste estudo descritivo e quantitativo se expressa no decorrer do assunto.

Autores: FREITAS, Hélio de

Orientadores: Leandro de Abreu Vieira